Reginaldo promete brilhar no Laci

sente-se feliz na sua nova casa e promete dar tudo o que estiver ao seu alcance para brilhar durante esta época em que estará ligado àquele emblema.


O ponta-de-lança, agenciado pelo agente-Fifa Zuneid Sidat, assinou contrato de um ano pelo Laci e já se encontra integrado na nova equipa, com quem já iniciou a preparação da nova época, tendo, inclusive, os golos e assistência começado a aparecer, como é apanágio do avançado da selecção nacional.

– “Vim para cá, porque foi das melhores propostas que tive. Tinha propostas de outras equipas de cá e de outros países, mais decidi pelo Laci. Assinei apenas por uma época, pois achei por bem assim, para não existirem muitos impedimentos para uma futura saída, conhecendo a realidade de cá”, disse o médio, a começar.

Prosseguindo com a sua alocução, Reginaldo afirmou que “estou confiante neste novo desafio. Cheguei cá no último sábado e já fiz o meu primeiro jogo de preparação, no qual fiz uma assistência e marquei um golo. Agora é só continuar a trabalhar, porque o nosso campeonato começa no próximo dia 9 de Setembro e penso que até lá estarei pronto para servir bem aqueles que são os objectivos do clube”.

Apesar de tudo parecer correr de feição para o jogador, o mesmo foi acometido por uma lesão muscular durante um treino, mas, segundo o próprio, não conduz a motivos para qualquer tipo de alarme e está em franca recuperação, podendo estar apto num breve espaço de tempo e pronto para dar o seu contributo ao Laci e não só.

Recorde-se que Reginaldo, de 27 anos, deixou o futebol moçambicano em 2013, da então Liga Muçulmana para o Nacional da Madeira, de Portugal, tendo, sucessivamente, representado o Santa Clara, de Portugal, de onde saiu em 2016 para o futebol albanês, para onde entrou pela porta do FC Luftetari.

De referir que a anterior equipa do médio moçambicano terminou a época passada em 4º lugar, com 44 pontos em 36 jogo, e a actual terminou Superliga albanesa em 6º lugar, com 40 pontos em 36 jogos, sendo que este ano os dirigentes do Laci investiram no sentido de alcançar melhores resultados que em 2016/2017.