Dirigente do ano

O presidente da Liga Moçambicana de Futebol, Ananias Couana, foi dos que mais correu este ano à busca de soluções para uma prova que esteve tremida. Emprestou à gestão da LMF a sua experiência de economista e com alguma lucidez geriu os passivos e incertezas ao longo do ano, mas nunca perdeu fé e o Moçambola, tal como ele disse várias vezes, chegou mesmo ao fim.

Leia mais...