Siga-nos:

Opinião

Basquetebol

Notícias

Editorial

Retrovisor

Tabela de Preços

Meninos de ouro recebidos em apoteose na Beira

A equipa principal do Ferroviário da Beira foi, quinta-feira a noite, recebida em clima total de festa pelos adeptos, sócios do clube e altas individualidades da arena desportiva, política e governamental da autarquia, distrito e província, no aeroporto internacional da urbe.

0
0
0
s2sdefault

Estamos na briga de “cachorro grande”

Aleixo Fumo passa a ver o seu nome a confundir-se com a história da existência do Ferroviário da Beira. Para além da Taça de Moçambique já conquistada, chamou a si a proeza de ser o primeiro treinador a levar os “locomotivas” da capital provincial de Sofala ao primeiro título nacional e, igualmente, primeiro técnico a qualificar a turma beirense para a fase de grupos, nesta que será a quarta presença de uma equipa moçambicana nesta etapa da Liga dos Campeões Nacionais, depois do Ferroviário de Maputo por duas vezes e o Costa do Sol.

0
0
0
s2sdefault

Ferroviário no pote 4

A Confederação Africana de Futebol (CAF) já fez a distribuição das 32 selecções qualificadas para a fase de grupos da Liga dos Campeões pelos potes, tendo calhado ao Ferroviário da Beira o pote 4.

0
0
0
s2sdefault

Falta a segunda parte

“A eliminatória ainda está aberta, apesar de termos ganho o jogo da primeira “mão” com dois golos de diferença e sem termos sofrido nenhum. Ainda falta a segunda parte da eliminatória, pelo que todo o cuidado é pouco.

0
0
0
s2sdefault

Vamos decidir em casa

“Foi um jogo muito bonito, mas lamento por não termos estado ao nosso nível. Sofremos o primeiro golo numa altura em que estávamos a controlar o jogo. Isso foi mau. Tentámos restabelecer a igualdade mas o guarda-redes do Ferroviário estava inspirado e fez defesas espantosas.

0
0
0
s2sdefault

Penoso pelo desperdício

“Fizemos um bom jogo e no qual criámos muitas situações para finalizar. Mesmo assim estamos satisfeitos pela vitória porque esta equipa mostrou que é muito forte e merece todo o nosso respeito. Pelo que vimos do BYC, não tenho dúvidas que vamos sofrer no jogo da segunda "mão”.

0
0
0
s2sdefault

Queremos a fase de grupos

Nem o percalço em Nacala, no arranque do Moçambola/2017, atira o grande objectivo do Ferroviário da Beira de estar na fase de grupos da prestigiada Liga dos Campeões Africanos.

0
0
0
s2sdefault

Ferroviário da Beira joga sonho africano

Vem do país da bola do ouro da FIFA de 1996, George Weah. Chega aos dezasseis-avos-de final depois de eliminar o histórico Stade Malien de Bamako.

0
0
0
s2sdefault

Futebol é assim

– O futebol é assim mesmo, ganhas ou perdes. Ganhámos na primeira "mão" e na segunda perdemos, num jogo que poderíamos ter assegurado a qualificação. Não estivemos bem no jogo, sobretudo na primeira parte, nos minutos iniciais.

0
0
0
s2sdefault

Passámos ao lado de um resultado histórico

– Passámos ao lado de um resultado histórico, pois tivemos muitas oportunidades de golos que não marcámos. Em futebol quando desperdiças acabas sofrendo sobressalto por não seres eficaz.

0
0
0
s2sdefault

Passar ao lado duma goleada histórica

O Ferroviário da Beira deu ontem a volta à desvantagem de 2-1 que levava no jogo da segunda “mão” da pré-eliminatória da Liga dos Campeões Africanos em futebol frente ao Zimamoto de Zanzibar, vencendo a partida por 3-1, resultado que garantiu a sua qualificação para os 16-avos-de-final.

0
0
0
s2sdefault

Eliminatória está aberta

“Paradoxalmente iniciámos a marcar golo e parece que este tento nos fez mal porque deu impressão de que começámos a minimizar demasiadamente o adversário, fomos dando tempo para ele ganhar a confiança e naturalmente quando é assim, a jogar em casa, no seu meio, cresceu de uma certa maneira, e tivemos situações para fazer 2-0.

0
0
0
s2sdefault

Onda de malária poderá comprometer o brilho do Ferroviário da Beira em Zanzibar

Cerca de 10 jogadores da equipa principal de futebol do Ferroviário da Beira estavam, até finais da semana passada, a braços com malária, o que preocupa o técnico dos Campeões Nacionais, que deixam o país amanhã, rumo a Região Autónoma de Zanzibar, onde deverão  jogar com o Zimamoto FC, em partida a contar para a pré-eliminatória de acesso à Fase de Grupos da Liga dos Campeões Africanos de Futebol.

 

0
0
0
s2sdefault

AFROTAÇAS : Queremos estar na máxima força

 

– Não temos muita informação sobre o nosso adversário. É um adversário que não nos relaxa. A nossa intenção é de fazer alguns jogos fora do país, já que ao nível interno as equipas ainda estarão no defeso. Queremos estar na máxima força.

0
0
0
s2sdefault

Mochudi Chiefs desiste e Ferroviário está nos 16-avos

Atanásio Zandamela

Foto de Luís Muianga 

O campeão do Botswana, Mochudi Center Chiefs, desistiu da partida da pré-eliminatória de acesso à fase de grupos da 20ª edição da Liga dos Campeões Africanos, o mesmo que dizer que nem foi preciso jogar para o campeão nacional, Ferroviário de Maputo, ultrapassar o primeiro obstáculo.

0
0
0
s2sdefault

Precisamos ter as ideias de jogo solidificadas

Atanásio Zandamela

Foto de Luís Muianga 

A equipa técnica do Ferroviário de Maputo, que segunda-feira passada abriu as oficinas para a temporada 2016, pretende conseguir um mínimo de seis jogos antes de disputar a pré-eliminatória de acesso à fase de grupo da Liga dos Campeões Africanos frente ao Mochudi Chiefs do Botswana, pois só estes encontros poderão permitir que vá à partida da primeira mão com ideias mais solidificadas e um fio de jogo mais próximo do pretendido. 

0
0
0
s2sdefault
2final.gif
BNIfinal.gif
1final.gif
publicidade.gif

Sondagem

O que acha do site?

Quem está online?

Temos 156 visitantes e sem membros em linha

Banca de Jornais

Sociedade do Noticias
  • EconomiaEconomia
  • CulturaCultura
  • DomingoDomingo
  • DesafioDesafio
  • NotíciasNoticias

Conselho de Administração

Bento Baloi Presidente

Rogério Sitoe Administrador

Cezerilo Matuce Administrador