Tchando foi condescendente demais

Por: IbraImo assamo
Foto de Hilário sitói

O Clube do Chibuto não foi para além de uma igualdade a uma bola diante da ENH de Vilankulo, em jogo pontuável para a 21ª jornada do Moçambola, numa partida em que a nódoa vai para Tchando, que “ofereceu” um golo numa bandeja de prata aos “hidrocarbonéticos”.

O Chibuto poderia muito bem ter saído do jogo com um resultado positivo e animador para aquilo são as suas aspirações, não fosse a tamanha complacência do seu guardião, no caso Tchando.

É verdade que há uma série de erros que a equipa da casa cometeu durante os 90’, mas o jogo ficou mesmo marcado pelo lance que ditou o golo de empate do ENH de Vilankulo, em que numa situação de bola parada, aos 36’, que se chuta sem intensidade, Tchando ficado pregado no relvado e a ver o esférico a anichar-se no fundo das malhas.

Leia mais...