Foi um presente de Deus

“Sinto-me bastante feliz. Foi um ano bastante difícil, acho que todos puderam perceber isso. Esta vitória veio mostrar que somos unidos, pois todos puxávamos para o mesmo lado, desde os atletas, adeptos até aos dirigentes. Acho que nós merecemos, por mais que a União Desportiva do Songo seja uma grande equipa nós merecemos esta vitória –disse Isac, para depois descrever o momento em que marcou o golo decisivoaquele golo significa tranquilidade, aliás para mim foi um presente de Deus. Fi-lo pelos meus colegas, que tanto trabalharam, fi-lo também pelos adeptos e pelo meu pai – descreve o atacante “canarinho”.

 Ibraimo Assamo/Luís Muianga