Partida entre Cocorico da Beira e Sporting da Zambézia interrompido

O árbitro do jogo foi obrigado a terminar a partida, uma vez que a equipa do Sporting apresentava-se em campo com apenas seis jogadoras, número abaixo do recomendado pelos regulamentos, na sequência da lesão de uma atleta e ausência das restantes quatro.

O delegado do certame, Domingos Vontade, lamentou a atitude do Sporting da Zambézia ao apresentar apenas sete jogadoras em campo quando tem mais de vinte inscritas na Associação Provincial de Futebol de Sofala, prometendo, desta forma, tomar uma medida repreensiva como forma de desencorajar esta atitude.

Vontade considera esta atitude uma indisciplina. Apesar de não garantir nenhuma punição, aquele dirigente afirma que o caso ainda está em estudo.

Entretanto, António Nhampoca, presidente do Sporting de Zambézia, apontou a falta de condições financeiras como a principal causa que contribuiu para a ausência das jogadoras.