Um "Mundial " que chega com 39 anos de atraso!

Para os angolanos, o 41° Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins que ontem arrancou, o primeiro em África, acontece com 39 anos de atraso, uma vez que ainda sob governação portuguesa já o teriam acolhido, em 1974.

Mas tal não se efectivou devido ao golpe de Estado havido em Portugal, a 25 de Abril de 1974, que mexeu com a estrutura política da ex-potência colonizadora de Angola.

Em Angola e para o Mundial desse ano (1974), havia sido construído, inclusive, o pavilhão da Cidadela Desportiva de Luanda.

E ontem, com o arranque do evento, os angolanos dizem ter chegado a hora de fazer a justiça e esperam que nos resultados da selecção sejam os melhores possíveis.

Para que tudo corra bem os angolanos investiram fortemente, sobretudo nas infra-estruturas, com a construção de dois pavilhões, nomeadamente em Luanda (pavilhão Muitiuso) e Namibe (Welwitschia)

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade