Nem sempre vou marcar

-“Vocês perguntam-me o que se passa comigo por não estar a marcar, então eu vos digo que mesmo os melhores jogadores do mundo passam jogos sem marcar. É o meu caso. Claro que tive três a quatro oportunidades para marcar, mas acho que se não marquei é porque também a defesa esteve bem. O mais importante é que o Togo ganhou”.