Siga-nos:

6ª Jornada do Moçambola

Opinião

Basquetebol

Notícias

Editorial

Retrovisor

Hunt e Keish juntam-se a Xavier na corrida à vaga de seleccionador

Joca Estêvão

Foto de Arquivo

A Federação Moçambicana de Futebol (FMF), na voz do presidente Alberto Simango, admitiu contacto com Abel Xavier para seleccionador nacional, uma vaga que, segundo ele, tem outros candidatos como Daúto Faquirá, Gavin Hunt, Stephen Keish e ainda o português Vítor Pontes. O nome do eleito treinador dos Mambas será conhecido ainda esta semana.

Numa edição anterior, o semanário desafio avançou o nome do luso-moçambicano Abel Xavier para seleccionador, provocando uma grande onda de protestos pelos demais adeptos e gestores desportivos, surgindo, igualmente, interpretações de vária ordem nas redes sociais, algumas em protesto a possibilidade do cidadão português nascido em Nampula vir a estar a frente dos Mambas.

Recorde-se que em alguns comentários sobre a informação avançada sobre a aposta da FMF no homem, que durante a sua carreira futebolista demonstrou ter carácter irreverente, leu-se alguma tendência a desvalorização do veiculado pelo maior e único órgão de comunicação desportivo do país, ajuntando-se algumas farpas ao autor das linhas do texto com o título, Abel Xavier está a um passo dos Mambas.

Na semana passada, Alberto Simango Júnior não desmentiu a possibilidade do técnico de aparência extravagante (cabeleira pintada) vir a treinar a seleccionador nacional, confirmando ter havido uma conversa com o luso-moçambicano, em Portugal, mas referiu que não é o único candidato, havendo outros nomes.

O presidente da FMF revelou ao desafio que na sua estada por terras lusas estabeleceu, igualmente, uma conversa com o outro luso-moçambicano, Daúto Faquirá, nascido há 50 anos em Inhambane, e que fez a sua carreira de treinador na terra de Camões desde 1995, treinando o Sintrense, onde fez boa parte do seu percurso como futebolista até 1992, em clubes como o Odivelas, Barreirense, Estoril, Estrela da Amadora, Vitória de Setúbal e Olhanense, em Portugal, e 1º de Agosto (Angola).

Todavia, num contacto da nossa Reportagem em Portugal, o treinador, que já trabalhou com o futebolista Cissoko, a quem foi buscar a França para o Vitória de Setúbal (depois foi para o FC Porto), Jardel (Benfica) e Wilson Eduardo (Sporting de Braga), não confirmou existir nenhum contacto com a FMF, nem ter havido qualquer conversa com o seu empresário para projectos ligados ao país que o viu nascer.

0
0
0
s2sdefault
2final.gif

Classificação do Moçambola 2018

Equipas
J V E D GM GS P
1 U.D. Songo 5 4 1 0 8 1 13
2 F. de Maputo 6 4 0 2 9 6 12
3 Liga Desportiva 6 3 2 1 6 4 11
4 F. da Beira 6 2 4 0 10 4 10
5 F. de Nampula 6 2 3 1 7 4 9
6 Textáfrica de Chimoio 6 2 3 1 8 8 9
7 Clube de Chibuto 5 2 2 1 7 5 8
8 Costa do Sol 6 2 2 2 5 3 8
9 F. de Nacala 6 2 1 3 5 7 7
10 1º De Maio 6 2 1 3 6 9 7
11 Incomáti de Xinavane 6 1 3 2 2 3 6
12 D. Nacala 6 1 2 3 3 4 5
13 Maxaquene 6 1 2 3 6 8 5
14 UP de Manica 6 1 2 3 3 6 5
15 ENH de Vilankulo 6 1 2 3 3 8 5
16 Sporting de Nampula 6 1 2 3 4 12 5
Votacao
BNIfinal.gif
1final.gif

Prémio Desafio

publicidade.gif

Sondagem

O que acha do site?

Quem está online?

Temos 363 visitantes e sem membros em linha

Banca de Jornais

Sociedade do Noticias
  • EconomiaEconomia
  • CulturaCultura
  • DomingoDomingo
  • DesafioDesafio
  • NotíciasNoticias

Conselho de Administração

Bento Baloi Presidente

Rogério Sitoe Administrador

Cezerilo Matuce Administrador