Connect with us

MAPEAMENTO DE JOGADORES NÃO TROUXE RESULTADOS PLAUSÍVEIS!

Por: JOCA ESTÊVÃO
Fotos de Arquivo

O técnico Abel Xavier entrou para o comando dos “Mambas” ainda com quatro jogos da qualificação ao CAN-2017 por fazer. Não foi feliz na estreia, até porque o adversário era o Gana, perdendo por 3-1 na casa destes. Empatou em seguida em Maputo a um golo e depois resolveu relativamente fácil as contas que Moçambique tinha a ajustar com as Maurícias e o Ruanda, vencendo ambas as partidas. Infelizmente, os sete pontos conquistados na gerência de Abel Xavier não foram suficientes para levar o combinado nacional ao CAN-2017, mesmo terminando em segundo lugar.Depois de um conhecimento geral do que havia em Moçambique no que concerne aos recursos humanos, Abel Xavier iniciou viagens para os diversos pontos do país para observar jogadores seleccionáveis e que pudessem dar algum cunho diferente à Selecção Nacional, visto que não estava completamente satisfeito com aquilo que encontrara na Federação Moçambicana de Futebol (FMF).

{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in Sem categoria