Connect with us

IGNORADO E ABANDONADO

Por: DEANOF POTOMPUANHA
Fotos de J. Machel

É assim como diz sentir- -se Osvaldo Machava, seleccionador nacional de voleibol de praia, responsável por sete títulos africanos em menos de três anos, por sinal, os únicos de que o país dispõe! Contam-se quatro títulos de ouro em masculinos (2) e femininos (2); dois títulos de ouro sub-19; um de bronze em seniores masculinos (femininos ficaram em quarto lugar); e ainda um prestigiado sétimo lugar no Campeonato do Mundo de sub19. Ora, no âmbito da premiação desportiva, o jovem técnico diz ter recebido no início do ano uma das três primeiras conquistas de 2017. Na verdade, o valor ficou com a Federação Moçambicana de Voleibol (FMV), enquanto ele aguardava pela resposta à carta enviada ao ministério da Juventude e Desporto (MJD) sobre o procedimento tomado: se era a premiação de todas as competições ou se da primeira das três e que posteriormente seriam devidamente entregues. Assim, não tendo resposta da missiva redigida há três meses, Machava aproveitou o momento da chegada ao Aeroporto Internacional de Maputo, na quarta- -feira – ido de Egipto, onde tornou-se bicampeão africano em masculino e feminino – para desabafar.

{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in REPORTAGEM