Connect with us

REPORTAGEM

Quero uma selecção personalizada e com ambição

Quero uma selecção personalizada e com ambição

Mário Capena, Kapa, Kabine, Taimo, Yan, Igor, entre outros jogadores que hoje palmilham por alguns clubes do país são apenas um grupo de jogadores que acompanharam Dário Monteiro na sua aventurada estreia pela selecção Sub-17 de futebol em 2014. Cinco anos depois, Dário Monteiro regressa ao mesmo palco, desta feita assumindo as mesmas funções, mas com outros personagens (Sub-20).

Depois de ter estado muito próximo de se qualificar para o Campeonato Africano das Nações de 2015 (CAN), tendo vencido na primeira eliminatória a Namíbia com o agregado final de 3-1, na segunda eliminatória viria a cair aos pés da sua congénere de Angola com o agregado final de 3-2, visto que no desafio da primeira “mão” Dário venceu em Maputo por 2-1 e na segunda vergou por 2-0. Uma campanha de má memória.

Ainda no mesmo mês Dário Monteiro esteve na iminência de levar Moçambique para a final no torneio dos Jogos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que teve lugar na cidade angolana de Luanda… foi na verdade uma estreia para esquecer. Porém, o novo timoneiro dos Mambinhas prefere deixar isso para trás e preocupar-se com o futuro.

Por: Raimundo Zandamela
Fotos de Arquivo
{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in REPORTAGEM