Connect with us

REPORTAGEM

APOSTÁMOS NUMA GESTÃO EMPRESARIALPARA MAIS TARDE ATACARMOS A II LIGA!

APOSTÁMOS NUMA GESTÃO EMPRESARIALPARA MAIS TARDE ATACARMOS A II LIGA!

O Sporting Clube de Quelimane, um dos mais antigos e prestigiados clubes da capital provincial da Zambézia, vai na próxima época futebolística disputar a II Liga de Futebol da Zona Centro. O desafio é chegar ao Mocambola, uma intenção que está no topo das prioridades do manifesto de governação da direcção liderada pelo Eng.º Armando Cardoso, o qual teve primeiro que “arrumar a casa” através de um tipo de gestão empresarial com vista a rentabilizar o património para depois sonhar com o futebol de alta-roda.

Entrevistado há dias pela nossa Reportagem, Armando Cardoso disse que quando chegou à presidência do Sporting Clube de Quelimane precisava de definir prioridades para recuperar a imagem do clube. No topo das prioridades constam do seu programa de governação quatro pilares, nomeadamente reabilitar e melhorar as infra-estruturas, olhar para a formação em várias modalidades, criação de condições para a estabilidade financeira e desenvolvimento organizacional. Segundo Armando Cardoso, há um ano para o fim do mandato (2017-2020), sessenta por cento das prioridades que tinha definido com o seu “gover-Estabilidade financeira autêntico bicodeobrano” já foram cumpridas.

 

FRACA INTERVENÇÃONAS INFRAESTRUTURAS

O nosso entrevistado reconhece que no contexto das infra-estruturas não foram feitas grandes intervenções como seria o desejável, pelo facto de isso necessitar de grandes investimentos. Para ele, a direcção que dirige priorizou intervenções pontuais em termos de reabilitação em compartimentos que estavam muitos degradados.

Por: Jocas achar
{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in REPORTAGEM