Connect with us

REPORTAGEM

Sofri bullying e fui desprezado

Sofri bullying e fui desprezado

Completa amanhã (terça-feira) 22 anos de idade. Conhecemo-lo em 2008, numa dessas fases empolgantes do Torneio Infanto-Juvenil BEBEC quando tinha apenas 12 anos de idade, mas a sua compleição física sugeria muito menos que isso. Curiosamente a sua equipa (Bairro da Maxaquene) viria a conquistar a final do certame após vencer a equipa do Bairro do Bagamoyo por 2-1. Uma final emocionante!

Apesar de ser magriço, ingénuo e a chupar a gola da camisola que quase roçava os seus joelhos, o pequeno Xirasse (Paulino Francisco Homo), transfigurava quando tivesse a bola em sua posse. O menino oriundo do Bairro da Polana-Caniço “B”, descoberto pelo mister Paíto, um dos vários treinadores responsáveis pela descoberta de talentos, chamava atenção pela forma como jogava a bola e se desembaraçava de meninos mais “fortes” que ele.

De lá a esta parte desafio tem vindo a acompanhar de perto o crescimento deste “pequeno” e talentoso jogador, à semelhança de tantos outros que procuram dar os passos da afirmação. Apesar de o Maxaquene não estar a passar por bons momentos, as actuações de Xirasse não têm passado despercebidas aos olhos dos mais atentos.

Por: RAIMUNDO ZANDAMELA
FOTOS DE ARQUIVO
{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUBLICIDADE
Publicidade

More in REPORTAGEM