Connect with us

FERROVIÁRIO DA BEIRA DEVEESTAR NA RIBALTA

Desafio visitou o Chiveve para saber como anda o único representante da província de Sofala no Moçambola-2020, o Ferroviário da Beira, que tem agora como presidente Valdemar Oliveira, que substitui Boaventura Mahave.

A nova direcção já está na senda de reorganização dos locomotivas, com intenção de impor em prática o lema da sua governação “reorganização, competir e conquistar”.

O novo presidente dos locomotivas do Chiveve encontra o clube sem ter conquistado nenhum troféu no basquetebol no último ano do mandato anterior, depois de o clube ter conquistado os campeonatos de 2012, 2013-2014 e 2016- 2017, sendo até ao momento a única formação de fora da capital com títulos nacionais em basquetebol e no futebol. Depois da conquista do Moçambola-2016, os locomotivas do Chiveve não lograram vencer mais nenhum título.

Lembrar que os locomotivas do Chiveve foram responsáveis de lançar à ribalta Reinildo, Gildo, Edson e nos últimos tempos o único que conseguiu ter alguma notoriedade foi o avançado Dayo, que tem tido altos e baixos, mais evidenciado na época passada.

Por: Joca Estêvão
Foto de Arquivo

{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUBLICIDADE
Publicidade

More in ENTREVISTA