Connect with us

TÉNIS

BRUNO NHAVENE É RESPOSTA DA VISÃO A LONGO PRAZO

BRUNO NHAVENE É RESPOSTA DA VISÃO A LONGO PRAZO

O tenista júnior Bruno Nhavene, que cumpre o quinto ano como bolseiro da Federação Moçambicana da modalidade (FMT) no centro de alto-rendimento em Marrocos, é um exemplo claro de uma visão a longo prazo sobre a projecção de talentos para o ténis profissional.

Este sonho, iniciado pelo antigo presidente da FMT, Valige Tauabo, pode surtir os efeitos desejados se continuar a apostar no talentoso jovem que hoje ascendeu à posição 218 no “ranking” de juniores da ITF.

Bruno Nhavene, que foi até à final de pares de um dos “Futures” – torneios internacionais de seniores pontuáveis para ATP (Associação de Tenistas Profissionais) – realizados no ano passado em Maputo, inseridos no Standard Bank Open, é actualmente o sexto no “ranking” africano de juniores.

Esses feitos colocam Bruno Nhavene à porta do ténis profissional ainda júnior. Valige Tauabo lamenta o facto de não ter conseguido lançar para os vários centros, devido a limitações financeiras, mais atletas para esses centros, mas salienta que está criada a base composta por tenistas cuja margem de progressão permite que Moçambique sonhe mais a esse respeito.

Hoje há mais tenistas juniores a competir a nível de seniores, sendo este o escalão com menor número de atletas já que muitos penduraram as raquetes.

Por: Salvador Nhantumbo

{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

 

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUBLICIDADE
Publicidade

More in TÉNIS