Connect with us

ENTREVISTA

VOU AO PAPA TENTAR UMA BÊNÇÃO PARA TREINAR

VOU AO PAPA TENTAR UMA BÊNÇÃO PARA TREINAR

Está a cogitar uma viagem ao Vaticano ao encontro do Papa Francisco a fim de conseguir uma bênção para treinar um clube do Moçambola, porque, como sustenta, os critérios em vigor para a contratação de técnicos não são meritórios quanto menos desportivos. Afinal, é preciso ter cunhas e ele, não as tendo, admite esta época orientar clubes dos novatos campeonatos provinciais.

Depois de orientar o Desportivo na época passada, o treinador ficou disponível para assumir outros desafios e durante o defeso foi apontado a alguns clubes do Moçambola, mas tal não se efectivou.

No entanto, houve quem se apressou a anunciar a indisponibilidade do técnico para orientar clubes moçambicanos. desafio não ficou indiferente e abordou o técnico sobre o eventual fim da carreira e as possibilidades que, entretanto, se esfumaram.

Entre convicções e protestos, Artur Semedo realça as crescentes interferências de agentes não desportivos no futebol, os critérios extra-desportivos na selecção de técnicos, bem como a possibilidade de abraçar um projecto ainda este ano. 

Por: CUSTÓDIO MUGABE
Fotos de Luís Muianga
{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in ENTREVISTA