Connect with us

REPORTAGEM

ÁRBITROS RECLAMAM SEIS MILHÕES NA FMF

ÁRBITROS RECLAMAM SEIS MILHÕES NA FMF

Árbitros de todo o país estão a reclamar o pagamento de seis milhões de meticais de prémios pela Federação Moçambicana de Futebol (FMF), não havendo promessas, nem garantias de receber o dinheiro por parte do executivo de Feizal Sidat.

 As competições de 2020 começam com a classe de arbitragem a reivindicar o pagamento de prémios referentes aos dois últimos anos para um “melhor desempenho esta época”.

Durante 2018, a FMF não pagou aos árbitros em várias competições, nomeadamente Nacional de futebol feminino (66 mil meticais); de futsal (170 mil); de juniores (80 mil); de juvenis (70 mil); e Taça de Moçambique (550 mil).

A seguir, as dívidas de 2019, correspondente ao Nacional de futebol feminino (200 mil meticais); de futsal (160 mil); de juniores (250 mil); de juvenis (180 mil); de Divisão de Honra (quatro milhões).

Os árbitros investiram dinheiro individual para chegarem aos locais dos jogos e alimentação. Esta classe pretende ser ressarcido e que a situação não volte a repetir se esta temporada.

Por: Custódio Mugabe
{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUBLICIDADE
Publicidade

More in REPORTAGEM