Connect with us

ENTREVISTA

OLIMPISMO REINVENTA-SE EM TEMPO DE PANDEMIA

OLIMPISMO REINVENTA-SE EM TEMPO DE PANDEMIA

Sem público, aglomerações nem contacto físico. Foi assim que foi comemorado o Dia Olímpico em Moçambique, celebrado a cada 23 de Junho a nível mundial pelos membros do Comité Olímpico Internacional (COI). O Comité Olímpico de Moçambique (COM) viu-se limitado a celebrar as festividades que vinha fazendo, sobretudo festas no Centro OlympÁfrica (Boane), com as cerca de 2500 crianças que frequentam aquele centro, encarregados de educação e comunidade em geral. O motivo, todos sabemos: a pandemia da Covid-19.

Ainda assim, houve actividades solidárias e debates virtuais com oradores de Moçambique, Brasil e Portugal. Liderado pelo seu secretário-geral, o COM visitou e ofereceu diversos produtos alimentares, de higiene e material desportivo ao Infantário 1.º de Maio, na cidade de Maputo (conta com 38 crianças de 0-19 anos, na sua maioria especiais) e ao Centro OlympÁfrica (Boane), neste último que vai prestar assistência a cinco crianças com dificuldades de visão.

Penalva César refere que o gesto se enquadra nos ideais do olimpismo, em que a solidariedade é um dos pilares.

Por: Deanof Potompuanha
Fotos de Deanof Potompuanha
{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUBLICIDADE
Publicidade

More in ENTREVISTA