Connect with us

REPORTAGEM

DOMINGUEZ CHEGARIA AO CAN-2022 COM 38, MEXER E ZAINADINE COM 34

DOMINGUEZ CHEGARIA AO CAN-2022 COM 38, MEXER E ZAINADINE COM 34

Sem a pandemia do novo coronavírus, que partiu da China e avançou com tudo pelo mundo até chegar a Moçambique, por estas alturas a Selecção Nacional poderia, em função da actual classificação do seu grupo de qualificação, eventualmente estar perto de assegurar a presença no Campeonato Africano das Nações (CAN) dos Camarões, que teria lugar em Janeiro.

Mas, como todos sabem, o novo coronavírus interrompeu tudo que é desporto, em particular o futebol, que depois de ter visto os jogos de qualificação retardados chegou a vez do adiamento, para um ano mais tarde, do próprio CAN-2021. Um adiamento que deixa algumas dúvidas em relação à condição física (idade) dos seus principais jogadores. É que três dos mais experientes do grupo actual, por sinal capitães, estão já acima dos 30 anos, ainda que por enquanto estejam em grande forma. São jogadores que na última década assumiram um papel preponderante nos “Mambas” (únicos assíduos nas convocatórias e que se podem gabar de terem disputado o último CAN de Moçambique, em 2010) e que serão seguramente importantes para os restantes quatro jogos de qualificação (dois contra Camarões, um frente ao Ruanda e outro diante de Cabo Verde), mas que ninguém imagina como chegarão em termos físicos a 2022. É necessário lembrar que, a par da campanha para o CAN2022, Moçambique ainda tem a batalha de qualificação ao “Mundial” do Qatar-2022, estando integrado no mesmo grupo com os Camarões, Costa do Marfim e Malawi, cujos jogos ainda não estão marcados. Daí que se antevê que após o controlo da Covid-19 o calendário seja mais apertado. Luís Gonçalves, seleccionador nacional, não se pronunciou ainda sobre o eventual impacto do adiamento em função da idade dos “Mambas”, mas certamente que já está a pensar na necessidade de refrescar a equipa sem perder a competitividade. Refira-se que depois de uma vitória e empate nos dois primeiros jogos do Grupo “F”, sobre o Ruanda e Cabo Verde, por 2-0 e 2-2, Moçambique lidera, juntamente com o Camarões.

Por: Atanásio Zandamela
Fotos de Arquivo
{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in REPORTAGEM