Connect with us

REPORTAGEM

TREZE ANOS PASSAM SEM NANDO MATOLA!

Realmente a “vida é apenas um sopro”! Passam 13 anos sem o ex-internacional moçambicano Fernando Paulo Matola, Sheila Mavila, Paula Sheila Matola e Fernando Matola Jr., marido, esposa e filhos, respectivamente, que num brutal acidente de aviação perderam a vida, a caminho de Maputo, onde o atleta viria integrar os trabalhos da Selecção Nacional de Futebol, que se preparava para o jogo contra a sua similar da Tanzania, no dia 8 de Setembro de 2007, em Dar-es-Salaam com vista ao Campeonato Africano das Nações (CAN) do Gana-2008.

Foi exactamente no dia 2 de Setembro de 2007 que ficou interrompido o percurso promissor de um dos melhores defesas que o país viu nascer. Ainda na flor da juventude (25 anos) e com muito por dar, se fosse vivo Nando Matola completaria 38 anos de idade no dia 9 de Agosto deste ano. Incrédulos e inconformados ficaram os seus colegas, amigos, familiares e uma legião de simpatizantes moçambicanos e sul-africanos, estes últimos que compareceram em peso e conduziram a cerimónia das exéquias fúnebres. 

Certo texto bíblico relata que o “tempo e o imprevisto sobrevêm a todos” (Eclesiastes 9:11), isto é, Nando e a sua família foram subitamente tomados pela morte, depois de terem passado por um local errado e, numa hora errada, quando o carro em que se faziam transportar bateu em uma árvore, antes de entrar em chamas, na estrada Tzaneen-Ly-denburg, província do Limpopo, África do Sul. Aliás, pelo reconhecimento aos feitos de Nando Matola o Governo sul-africano atribuiu o nome de Fernando Matola a estrada onde ocorreu o sinistro.

Por: RAIMUNDO ZANDAMELA
Fotos de Arquivo
{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in REPORTAGEM