Connect with us

REPORTAGEM

FALTA DE LICENCIAMENTO PODE TIRAR DESPORTIVO E INCOMÁTI DO MOÇAMBOLA

FALTA DE LICENCIAMENTO PODE TIRAR DESPORTIVO E INCOMÁTI DO MOÇAMBOLA

A falta de requisitos para o licenciamento de clubes pode tirar o Desportivo de Maputo e o Incomáti de Xinavane do Moçambola-2020, prova cujo arranque está projectado para Novembro pela Liga Moçambicana de Futebol (FMF), organizadora do certame.

 

O Desportivo e o Incomáti foram chumbados no processo de licenciamento levado a cabo pelo Departamento de Licenciamento de Clubes (DLC) da Federação Moçambicana de Futebol (FMF). Quer os “alvi- -negros”, quer os “açucareiros” não obtiveram a aprovação nos cinco critérios-base para a licença de nível nacional, nomeadamente: critério legal, administrativo, financeiro, infra- -estrutural e desportivo.

Os dois emblemas têm situação bastante critica no capítulo financeiro, onde para além de não terem contabilidade organizada, têm dívidas avultadas para com os seus activos, nomeadamente os atletas e funcionários, o que de per si é motivo para a não obtenção da licença.

Por: SÉRGIO MACUÁCUA

{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUBLICIDADE
Publicidade

More in REPORTAGEM