Connect with us

REPORTAGEM

RECADOS DE QUEM CONHECE OS CAMARÕES

RECADOS DE QUEM CONHECE OS CAMARÕES

Há 21 anos, ou se quisermos, a 11 de Abril de 1999, Moçambique e Camarões protagonizavam no Estádio da Machava um dos jogos de má memória para os “Mambas”, que em pleno mítico de Infulene não conseguiram suster o poderio ofensivo do adversário, saindo do relvado com um volumoso resultado de meia-dúzia de golos. Tico-Tico ainda tentou animar os milhares que naquela tarde infernal foram à Machava. Inseridos no mesmo grupo (1) de qualificação para o CAN-2000, de Lagos, Nigéria, os “Leões Indomáveis” acabariam mesmo por se sagrar campeões africanos daquele ano ao bater as “Super Águias”, na final, por 3-4, na transformação de grandes penalidades, após 2-2 no tempo regulamentar.

Para este jogo que entra nas estatísticas de maiores goleadas de Moçambique em fases de qualificação para as fases finais do CAN, cuja arbitragem foi do trio tsuana, sob liderança de Edwin Senai, só para refrescar as mentes dos adeptos dos “Mambas”, João Albasini, então seleccionador nacional, fez alinhar de início Luisinho (Antoninho), Faife, Mano-Mano, Armando Sá, Sataca (Nelinho), Macamito, Paulito, Dário, Chiquinho e Tico-Tico.

Por: GILBERTO GUIBUNDA
Fotos de Arquivo

{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUBLICIDADE
Publicidade

More in REPORTAGEM