Connect with us

REPORTAGEM

BLACKFRIDAY EM KIGALI

BLACKFRIDAY EM KIGALI

MOÇAMBIQUE foi à capital ruandesa, Kigali, sem grande expectativa de vencer Angola e Senegal, mas convicto que iria derrotar Quénia, um adversário que embora mostre sinais claros de crescimento no continente, era o oponente directo do combinado nacional. Em pleno Blackfriday, o combinado nacional confirmou que não era candidato à liderança do grupo. Entretanto não conseguiu o seu principal objectivo, que era vencer o Quénia.

A Selecção Nacional sénior masculina em basquetebol somou por derrotas todos três jogos disputados na primeira janela de qualificação ao Afrobasket-2021: 87-58 diante de Angola; 53-60 diante de Senegal e 62-79 contra Quénia. Todavia, a derrota contra Quénia foi a mais pesada, não pelos números, mas pelas expectativas: acreditava- -se que seria o adversário mais acessível, com quem conseguiria pelo menos uma vitória nesta etapa.

Assim, Moçambique tem responsabilidades acrescidas na segunda janela de qualificação, a decorrer entre os dias 19 e 21 de Fevereiro de 2021, num país por indicar pela FIBA-África. Contudo, Moçambique já demonstrou a pretensão de acolher a derradeira fase de qualificação ao Afrobasket de Ruanda-2021. Para alimentar o sonho da qualificação, a equipa de todos nós deve vencer dois jogos na segunda janela ou pelo menos vencer Quénia por mais de 17 pontos. É que qualificam-se, em cada grupo, as três primeiras selecções. Neste momento, Moçambique ocupa o último lugar e perdeu com Quénia por…17 pontos (62-79)!

Por: DEANOF POTOMPUANHA
Fotos da FIBA

{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in REPORTAGEM