Connect with us

REPORTAGEM

UM TRIO PARA FAZER ALÉM DE MILAGRE(S)!

SEM Milagre Macome no comando técnico da Selecção Nacional sénior masculina de basquetebol – abdicou do cargo depois do insucesso na primeira janela de qualificação ao Afrobasket-2021 – a Federação Moçambicana de Basquetebol (FMB) apostou num trio que une experiência, reverência e juventude, oriundo de três clubes: Miguel Guambe (Costa do Sol), José Macuácua (A Politécnica) e Horácio Martins (Desportivo de Maputo).

Moçambique tem a dificílima missão de contrariar a prestação da primeira janela de qualificação. Na segunda, a disputar-se entre os dias 19 e 21 de Fevereiro de 2021, o combinado nacional é obrigado a vencer o Quénia por, pelo menos, uma diferença de 17 pontos e esperar que os quenianos não vençam nem ao Senegal e nem Angola. Este cenário deve-se ao facto de a equipa de todos nós ter perdido todos os jogos do seu grupo na primeira fase. Apenas os primeiros três classificados é que se apuram para a fase final e, neste momento, Moçambique está na quarta e última posição.

Com estas adversidades, a equipa liderada por Miguel Guambe iniciou, na noite da última quarta-feira, os trabalhos para fazer melhor do que fez na primeira campanha.

Por: RAIMUNDO ZANDAMELA
Fotos de Arquivo

{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in REPORTAGEM