Connect with us

REPORTAGEM

UM TRIO PARA FAZER ALÉM DE MILAGRE(S)!

UM TRIO PARA FAZER ALÉM DE MILAGRE(S)!

SEM Milagre Macome no comando técnico da Selecção Nacional sénior masculina de basquetebol – abdicou do cargo depois do insucesso na primeira janela de qualificação ao Afrobasket-2021 – a Federação Moçambicana de Basquetebol (FMB) apostou num trio que une experiência, reverência e juventude, oriundo de três clubes: Miguel Guambe (Costa do Sol), José Macuácua (A Politécnica) e Horácio Martins (Desportivo de Maputo).

Moçambique tem a dificílima missão de contrariar a prestação da primeira janela de qualificação. Na segunda, a disputar-se entre os dias 19 e 21 de Fevereiro de 2021, o combinado nacional é obrigado a vencer o Quénia por, pelo menos, uma diferença de 17 pontos e esperar que os quenianos não vençam nem ao Senegal e nem Angola. Este cenário deve-se ao facto de a equipa de todos nós ter perdido todos os jogos do seu grupo na primeira fase. Apenas os primeiros três classificados é que se apuram para a fase final e, neste momento, Moçambique está na quarta e última posição.

Com estas adversidades, a equipa liderada por Miguel Guambe iniciou, na noite da última quarta-feira, os trabalhos para fazer melhor do que fez na primeira campanha.

Por: RAIMUNDO ZANDAMELA
Fotos de Arquivo

{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUBLICIDADE
Publicidade

More in REPORTAGEM