Connect with us

REPORTAGEM

MAXAQUENE COM MAIS PROBLEMAS NO PRO-LICENCIAMENTO NA CIDADE

MAXAQUENE COM MAIS PROBLEMAS NO PRO-LICENCIAMENTO NA CIDADE

A Associação de Futebol da Cidade de Maputo (AFCM) e os clubes filiados reuniram-se para definir estratégias para 2021, face ao ocorrido em 2020 devido à pandemia do novo coronavírus, e chegaram a acordo que os seniores e juniores iniciem as provas em Fevereiro. De acordo com o presidente da AFCM, Amílcar Jussub, “estamos todos harmonizados no sentido de começarmos as provas no princípio do próximo mês (Fevereiro), mas infelizmente o futebol de praia apresentou o problema da arena, que foi assolada pelas chuvas, que degradaram o terreno, mas já estão a trabalhar com o município de Maputo para melhorá-lo. Acreditamos que brevemente poderão estar em condições de competir”, afirmou Jussub, que revela que “as competições garantidas, até ao momento, são ao nível de seniores e juniores. Ainda não há luz verde para os outros escalões de formação”, declarou.

O Campeonato da Cidade de Maputo vai apurar os clubes que vão disputar a “poule” de apuramento. No entanto, existe ainda o problema do licenciamento, tal como aconteceu com os clubes do Moçambola.

– “Em minha opinião, abriu-se um mau precedente quando ajudaram os três clubes que tinham sido chumbados para a disputa do Moçambola, nomeadamente Desportivo, Textáfrica e Incomáti de Xinavane, para regularizar a sua situação e poder disputar o Campeonato Nacional. Esse facto pode ter tirado o rigor do que se pretende do licenciamento e até pode desmoralizar aos clubes que cumpriram com todos os trâmites dentro do prazo que havia se estabelecido. Espero que os outros clubes fechem os olhos a tudo isso e se licenciem. É preciso dizer que na cidade os clubes têm processos com avanços significativos. No entanto, o Maxaquene é o clube que tem mais problemas, porque deve fazer um acordo das dívidas e avançar para a eleição de uma nova direcção. O 1º de Maio também já deu passos significativos para a regularização, nomeadamente uma assembleia-geral que determinou a realização das eleições em Janeiro”, disse o nosso interlocutor.

Por: JOCA ESTÊVÃO

{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in REPORTAGEM