Connect with us

REPORTAGEM

INUSSO E BUDULA DISPUTAM PRESIDÊNCIA DO 1º DE MAIO

INUSSO E BUDULA DISPUTAM PRESIDÊNCIA DO 1º DE MAIO

Dois colossos da antiguidade desportiva nacional vão disputar, no próximo sábado, dia 23, a presidência do 1º de Maio, durante a assembleia-geral extraordinária daquele que é um dos clubes históricos do país. Trata-se de Inusso Ibraimo, que é um dos antigos dirigentes do Desportivo de Maputo, e Filipe Budula, antigo jogador e secretário-geral do 1º de Maio e ex-presidente da Associação de Futebol da Cidade de Maputo (AFCM).

Os candidatos querem tirar o 1º de Maio da grave crise financeira, aliada à progressiva degradação das suas infra-estruturas. Aliás, há 12 anos que está mergulhado numa crise directiva, ou seja, desde 2008 que o clube não realiza uma assembleia-geral e muito menos elege os órgãos sociais, facto que poderá ter contribuído para o seu descrédito junto de parceiros ou patrocinadores. O clube vivia de receitas provenientes do aluguer das suas instalações.

Aliás, o 1º de Maio esteve bem enquanto durou o acordo celebrado com a Federação Moçambicana de Futebol (FMF), que durou 20 anos, rubricado quando o presidente máximo do desporto-rei era o malogrado Mário Esteves Coluna. O mesmo consistia no uso, por parte da FMF, das instalações para a preparação e jogos das selecções nacionais de formação, uma parceria que cessou em Março do ano passado.

Por: SALVADOR NHANTUMBO
Foto de Arquivo

{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUBLICIDADE
Publicidade

More in REPORTAGEM