Connect with us

REPORTAGEM

CHAWA KAONGA SÓ PODE DESEJAR QUE A POEIRA SOSSEGUE E RESPIRE PAZ

CHAWA KAONGA SÓ PODE DESEJAR QUE A POEIRA SOSSEGUE E RESPIRE PAZ

É já na próxima segunda-feira que será dado o pontapé de saída do Campeonato Africano das Nações (CAN) de Sub-20. Antes do arranque da festa do futebol juvenil africano, lançamos um breve olhar ao que está sendo feito pelos nossos adversários. Moçambique e Uganda, dois estreantes nesta prova, irão bater-se duro no Stade Olympique Nouakchott, na capital da Mauritânia, no dia 14 de Fevereiro, pelas 16:00 horas.

Este não será o primeiro encontro envolvendo estes dois conjuntos. Em edições anteriores já havíamos referenciado que Uganda cruzou o nosso caminho nas eliminatórias de acesso ao CAN do Senegal, em 2014, em que ficámos pelo caminho com o agregado final de 5-1. À época, Calton Banze, Mano Mano e o alemão Gert Engels (também ex- -seleccionador dos “Mambas”) assumiram o comando técnico da equipa. Foi no mesmo ano em que o internacional moçambicano Reinildo Mandava se estreava nas selecções de formação.

Passam oito anos e muita coisa mudou nos dois lados. Hoje, a formação no Uganda, à semelhança de Moçambique, procura afirmar-se e a prova disso foi a qualificação protagonizada pelos dois países.

Por: RAIMUNDO ZANDAMELA
Fotos de arquivo e FUFA

{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUBLICIDADE
Publicidade

More in REPORTAGEM