Connect with us

ENTREVISTA

REVALIDAR O AFRICANO E OCUPAR TOP-6 DA BAL

REVALIDAR O AFRICANO E OCUPAR TOP-6 DA BAL

Há cerca de seis meses o Clube Ferroviário de Maputo anunciou uma série de reestruturações, entre infra-estruturas, novas áreas da gestão do clube e, entre eles, o cargo de director desportivo. E foi com o director desportivo, Isidro Amad, que falamos da saúde do clube “locomotiva”. No horizonte desportivo há ainda a defesa do bicampeonato africano em basquetebol, estreia no Basketball Africa League (BAL), prova que quer estar nas seis primeiras posições e nos lugares cimeiros do Moçambola.

Amad referiu que por estarmos numa temporada atípica há muitas coisas que a sua equipa se propôs a fazer e que ainda não foram concretizadas.

– “Dentro das nossas condições estamos a fazer algumas coisas. Estamos a reestruturar a área desportiva no seu todo. As modalidades de maior expressão, as tais modalidades de alta competição, que são o futebol e o basquetebol, têm estado a ter alguém mais próximo para viver as coisas, para dar outra dinâmica, outra resposta no dia-a-dia. É evidente que com um pouco de limitações porque o tempo não permite fazer muitas coisas, refiro-me em termos financeiros. Mas o empenho está lá, as coisas estão a ser tratadas como previamente traçámos”, referiu o nosso interlocutor, antes de destacar que “no basquetebol fizemos uma reestruturação séria. Ao nível do departamento tem uma nova directora, a equipa sénior masculina praticamente recebeu jogadores novos, mas sempre discutimos a vertente desportiva, que para sempre possamos lutar, com todo respeito pelos outros, pelos lugares cimeiros. Em femininos também mantivemos a mesma vertente, que é apostar em algumas jogadoras que vêm da formação e temos um treinador novo, que é Nasir Salé”.

Por: DEANOF POTOMPUANHA
Fotos do Ferroviário

{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUBLICIDADE
Publicidade

More in ENTREVISTA