Connect with us

REPORTAGEM

FMF É AUTÓNOMA NA ESCOLHA DO SELECCIONADOR

A não renovação pela Federação Moçambicana de Futebol (FMF), órgão máximo que rege a modalidade no país, do contrato do selecionador nacional Luís Gonçalves no comando dos Mambas mereceu no último sábado a reacção, pela primeira vez, do secretário de Estado dos Desportos, Carlos Gilberto Mendes, e fê-lo em Lichinga, onde desembarcou para uma visita de cerca de cinco dias à província do Niassa.

 

– “A Federação Moçambicana de Futebol é um órgão soberano da modalidade e toma as decisões que achar convenientes. Neste caso concreto decidiu não renovar o contrato com Luís Gonçalves porque acha que seleccionador não cumpriu com os objectivos constantes do seu projecto ao longo do seu mandato, que passava pelo apuramento dos Mambas para o CAN que se disputa próximo ano nos Camarões”, disse Gilberto Mendes.

– “A Federação Moçambicana de Futebol é um órgão soberano da modalidade e toma as decisões que achar convenientes. Neste caso concreto decidiu não renovar o contrato com Luís Gonçalves porque acha que seleccionador não cumpriu com os objectivos constantes do seu projecto ao longo do seu mandato, que passava pelo apuramento dos Mambas para o CAN que se disputa próximo ano nos Camarões”, disse Gilberto Mendes.

Por: CARLOS TEMBE

{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in REPORTAGEM