Connect with us

REPORTAGEM

FMF JÁ PAGOU 36 MIL DÓLARES MAS LUÍS GONÇALVES QUER MAIS

A Federação Moçambicana de Futebol (FMF) já pagou mais de 36 mil dólares (mais de dois milhões de meticais) de indemnização ao antigo seleccionador nacional de futebol, Luís Gonçalves, por ter rompido unilateralmente com o contrato que ligava as partes desde Agosto de 2019 e que tinha mais 20 meses de validade. Todavia, o treinador deseja mais, incluindo valor de renda de casa e combustível até Novembro de 2022.

Luís Gonçalves assumiu em Agosto de 2019 o comando dos “Mambas”, com a responsabilidade de dirigir a Selecção Nacional A e também a Sub-23. Tinha a missão de elaborar um programa de trabalho detalhado para competir nos diversos compromissos internacionais.

Na participação aos torneios da Cosafa tinha a orientação da optar pelas selecções de formação, por forma a potenciar o rejuvenescimento da selecção ou conferir mais rodagem aos atletas pouco utilizados.

Por: CUSTÓDIO MUGABE
Fotos de Arquivo

{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in REPORTAGEM