Connect with us

DUPLO DUPLO

SEMPRE QUE A FMF DECIDE MUDAR APRENDEMOS O VALOR DA ESTABILIDADE

SEMPRE QUE A FMF DECIDE MUDAR APRENDEMOS O VALOR DA ESTABILIDADE

Tenho cá para mim que devemos tirar proveito de todas as situações da vida para darmos sentido à nossa própria existência neste mundo, de modo a procurarmos, mesmo em situações adversas, encontrar o lado positivo desse momento globalmente negativo. É como ir à essência de um ditado que os povos do Oriente têm segundo o qual, “quando um homem cai, levanta-se sempre com alguma coisa nas mãos.” Ou seja, nesta lógica não existe queda da qual não se tire benefícios, mesmo que não sejam materiais. Aliás, não sendo sempre benefícios materiais, quando os mesmos são ensinamentos que aprendemos da situação que nos levou a cair, então afiguram-se ainda mais importantes e enriquecedores porque têm o potencial de preparar a vítima para não tropeçar em situações futuras.

Ora, da nossa Federação Moçambicana de Futebol (FMF) não nos faltam chamamentos para aprendermos o valor da estabilidade. A estabilidade de que me refiro não pode e nem deve ser confundida com o que os psico-pedagogos chamam de zona de conforto, que é considerada como sendo inimiga do crescimento e do desenvolvimento, seja de uma pessoa física ou colectiva no quadro dos objectivos que se propõe prosseguir.

Neste quesito, nos últimos tempos, a FMF tem se submetido a polémicas desgastantes e evitáveis exactamente por querer quebrar a estabilidade que ela mesma criou, enquanto entidade que desde a sua fundação em 1976 tem existência intemporal e com enorme insersão social. Dois exemplos provam o que tenho dito. Primeiro, foi o desejo que a Direcção da FMF teve de mudar o nome de guerra da Selecção Nacional sénior masculina de futebol para deixar de se chamar de Mambas. Nomes como Rinocerontes e Búfalos foram cogitados e o resultado é por todos conhecido. A opinião pública foi ferozmente contra essa iniciativa e, mesmo tendo havido programas de TV para promover uma espécie de auscultação popular e uma votação que implicava custo financeiro, os adeptos da Selecção Nacional venceram e os Mambas continuarem a chamarem-se Mambas.

Narciso Nhacila

{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUBLICIDADE
Publicidade

More in DUPLO DUPLO