Connect with us

REPORTAGEM

TUDO COMEÇOU COM O CALOROSO ABRAÇO DE MISHA EM MOSCOVO

TUDO COMEÇOU COM O CALOROSO ABRAÇO DE MISHA EM MOSCOVO

Com o urso Misha como mascote, os Jogos Olímpicos de Moscovo, em 1980, foram os primeiros em que Moçambique tomou parte, por sinal com a até agora maior delegação presente na história da sua participação em Jogos Olímpicos: 17 atletas convidados (não qualificados por mérito desportivo), entre os quais o nadador Ntewane Machel, filho de Samora Moisés Machel, o primeiro Presidente de Moçambique, falecido em 1986 na queda de um avião Tupolev.

É preciso destacar que esta primeira delegação olímpica de Moçambique, chefiada pelo também primeiro Reitor da Universidade Eduardo Mondlane, Prof. Doutor Fernando dos Reis Ganhão, integrava o mais aplaudido poeta moçambicano, José Craveirinha, por sinal pai de Stélio, o saltador que igualmente integrava a comitiva.

No cômputo geral os Jogos Olímpicos de Moscovo tinham tudo para serem grandiosos e marcantes, desde que a sua indicação tinha sido conhecida em 1974, desde logo espevitando o poder e os feitos da então União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS). Porém, a 27 de Dezembro de 1979 tropas soviéticas invadiam o Afeganistão, precipitando aquela que se transformaria na maior prova de ingerência política em assuntos desportivos e que redundaria num boicote desportivo que, comparativamente ao número de participantes, apenas lembrava os de Helsínquia, pelo seu reduzido número.

Por: ALMIRO SANTOS

{loadmodule mod_sppagebuilder,Leia mais…}

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in REPORTAGEM