Connect with us

MOÇAMBOLA

Do auto-golo de Agenor à “fífia” de César

Do auto-golo de Agenor à “fífia” de César

Uma “fífia” do guarda-redes do Ferroviário da Beira, César Machava, e um auto-golo de Agenor resultaram ontem no “Caldeirão” de Chiveve num
empate a uma bola entre o Ferroviário da Beira e a União Desportiva do Songo.

A UD Songo entrou a jogar a toda largura do campo, obrigando o Ferroviário da Beira a encolher-se no seu meio reduto, todavia sem lances de verdadeiro perigo.

Só a partir dos 15 minutos a “locomotiva” começou a entrar nos “carris” equilibrando o jogo, mas também sem lances de grande realce.

Por essas alturas os dois guarda-redes estavam tranquilos, porque as jogadas aconteciam longe das suas zonas de actuação.

O jogo era mais táctico e a bola circulava ao nível do meio-campo, entretanto com muitas faltas, pois as equipas não arriscavam, optando por um jogo de paciência, à espera do momento certo que nunca mais aparecia.

Leia mais… https://flipbook.snoticias.app.co.mz/login.php

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in MOÇAMBOLA