Connect with us

BASQUETEBOL

À CAMINHO DA BAL: FER. BEIRA EM MAPUTO PARA JOGOS DE CONTROLO

Foto de J. Machel: Ferroviário da Beira foi invicto no Apuramento Nacional à BAL

À CAMINHO DA BAL: FER. BEIRA EM MAPUTO PARA JOGOS DE CONTROLO

O Ferroviário da Beira chega na noite de hoje, à cidade de Maputo, onde prevê realizar dois a três jogos de controlo, antes de partir às 16:30 horas de domingo para Joanesburgo (África do Sul), para a fase de grupos de acesso à Basketball Africa League (BAL), prova que se disputa entre os dias 19 e 24 do corrente mês, na capital económica sul-africana.

A equipa treinada pelo espanhol Luiz Hernandez realiza o seu primeiro treino na manhã desta quinta-feira, no pavilhão do Maxaquene, sendo que sexta-feira e sábado continuará a trabalhar na catedral do basquetebol,  no período matinal. As noites serão reservadas para jogos de controlo, tendo já agendado partidas contra Desportivo e Costa do Sol. Em Joanesburgo, os “locomotivas” do Chiveve ainda realizarão um confronto com uma equipa local.

Inseridos no Grupo “F”, os “locomotivas” do Chiveve terão como adversários o anfitrião Cape Town City, Metero Magic (Zâmbia), Mercenaries (Zimbabwe) e Rochie Bois Warriors (Maurícias).

Esta etapa do torneio está dividida em seis grupos, com duas divisões: Este e Oeste. A Divisão Este é composta pelos Grupos “A” (AS Police de Mali, Boufarik da Argélia, Prédio Basketball de Cabo Verde, SLAC da Guiné-Conacri), “B” (Académie D’or Des Archers da Buquina Faso, ASPAC de Benin, AS Nigelec da Nigéria e Societe Omnisport de L’armee de Costa de Marfim), e “C” (CB Mazembe de Congo Democrático, Forces Armees et Police de Camarões, Malabo Kings da Guiné Equatorial, Tondema da República Centro-Africana e uma equipa por apurar de Gabão).

Pela Divisão Oeste estão os Grupos “D” (ASCUT de Madagáscar, Cobra Sport de Sudão do Sul, Hawassa City da Etiópia e Ulinzi Warriors do Quénia), “E” (Bravehearts do Malawi, City Oilers de Uganda, Kurasini Heats da Tanzânia e New Stars de Burundi) e “F” (Ferroviário da Beira, Cape Town City da África do Sul, Metero Magic da Zâmbia), Mercenaries do Zimbabwe e Rochie Bois Warriors das Maurícias. À excepção do Grupo do Ferroviário da Beira (“F”), que disputa o torneio de apuramento entre os dias 19 e 24 de Outubro, os outros cinco jogarão entre os dias 26 e 31 de Outubro, em Conacri (“A” e “B”), Yaoundé (“C”), Dar-es-Salam (“D” e “E”).

Após a conclusão desta eliminatória, serão apurados os dois primeiros classificados de cada grupo, continuando as duas Divisões: Este e Oeste. A primeira vai disputar-se entre os dias 16 e 21 de Novembro e a segunda entre os dias 14 e 19 de Dezembro. É a partir destas duas conferências que sairão as seis equipas da BAL, três de cada conferência. Lembre-se que as outras seis, que perfazem as 12 equipas da fase final da BAL, saem dos campeões das seis federações (Angola, Egipto, Marrocos, Nigéria, Senegal, Tunísia) por conta do seu posicionamento no ranking africano.

O Ferroviário de Maputo foi a primeira equipa a participar na BAL na primeira edição, tendo ocupado o quinto lugar. O Ferroviário da Beira está na rota da BAL e pode tornar-se na segunda equipa moçambicana na prova milionária organizada pela FIBA-África em parceria com NBA (Liga Profissional de Basquetebol Norte-americano).

Os “locomotivas” do Chiveve ganharam direito de representar o país depois de conquistar o Torneio de Apuramento, realizado de 4 a 12 de Setembro, em Maputo.

Os comandados do espanhol Luiz Hernandez venceram o seu homónimo de Maputo por 2-0 (93-66 e 99-88) numa final disputada num sistema de “play-off” à  melhor de três jogos.

Jornalista/ Gestor de Website: www.jornaldesafio.co.mz Email: deanof.adolfo@gmail.com

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in BASQUETEBOL