Connect with us

ENTREVISTA

AINDA HÁ BOM WHISKY PARA LÁ DO FUTEBOL

Foto de Reginaldo Cumbana e Arquivo: Não sou de mandar fazer. Gosto de trabalhar. Faço as coisas pessoalmente e tenho orgulho daquilo que faço

AINDA HÁ BOM WHISKY PARA LÁ DO FUTEBOL

Noite de 5 de Novembro de 2016. O Estádio Nacional do Zimpeto regista uma considerável moldura humana, atraída ao local por mais uma final da Taça de Moçambique. Frente-a-frente estão a União Desportiva do Songo (de Semedo) e o Maxaquene (de João Figueiredo). Uma noite de má memória para Francisco Massango, ou simplesmente Whisky.

Nesse jogo ele entra a titular no onze “tricolor”, mas o jogo trai o costume e não lhe corre de feição. Consequência: é substituído ainda na primeira parte, quando o Maxaquene já perdia por 3-0, portanto antes de Bernardo reduzir para o 3-1 final, ele que, aliás, abrira o placard do jogo, com um auto-golo.

Para muitos aquela era apenas mais uma… substituição. Mas a verdade é que o 5 de Novembro daquele ano assinalava, irreversivelmente, o fim abrupto da carreira de Whisky, que pouco depois abraçou novos projectos, porque para lá do futebol tinha que haver vida. Tinha que haver mais “Whisky”.

Leia mais em…https://flipbook.snoticias.app.co.mz/

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUBLICIDADE
Publicidade

More in ENTREVISTA