Connect with us

ROSTOS & RASTOS

A SORTE MADRASTA DE MBULO CAIPHAS MTHEMBO

Foto de Reginaldo Cumbana: “Se tivesse nascido nesta geração, com o talento que tinha, o futebol ter-me-ia rendido muito mais”

A SORTE MADRASTA DE MBULO CAIPHAS MTHEMBO

Sérgio “Sergito” Maria dos Santos Pereira faz parte das “toneladas” de centro-campistas que Moçambique produziu. Era de inteligência acima da média – subsidiada pela rapidez, drible fácil, bom jogo com os dois pés e excelente leitura de jogo. Tinha tudo para merecer melhor sorte na carreira, mas acidentes de percurso impediram que o seu talento lhe ajudasse a engordar as suas contas bancárias.

NO ESTRELA PARA CUMPRIR O SMO

Em Moçambique fez nome no ex-Benfica, mais tarde baptizado Costa do Sol. Aqui foi bicampeão nacional (1979 e 1980) e vencedor da Taça de Moçambique (1980). No ano seguinte sai para o Estrela Vermelha, do alemão Martin Skaba, onde cumpre o Serviço Militar Obrigatório.

“Mais tarde apareceu Gil, Filete, João Martins, Chinguia, João Honwana, etc. e fizemos aquela maravilhosa equipa de 1982”, recorda-se.

 – “Em 1982”, prossegue, “brigámos para sermos campeões, mas o meu colega Gil Guiamba teve o infortúnio de falhar uma grande penalidade nos últimos segundos dum jogo contra o Ferroviário de Maputo, quando o resultado estava 0-0. Precisávamos de ganhar. Lembro-me que tinha que haver um vencedor e o jogo foi repetido a meio da semana e o Ferroviário ganhou”.

Leia mais em…https://flipbook.snoticias.app.co.mz/login.php

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in ROSTOS & RASTOS