Connect with us

REPORTAGEM

SEM ACORDO E NEM RECURSO PREVALECE CONDENAÇÃO DA FIFA

Foto de Arquivo: Parece estar a falhar a possibilidade de uma solução negocial

SEM ACORDO E NEM RECURSO PREVALECE CONDENAÇÃO DA FIFA

Ainda não houve acordo entre a Federação Moçambicana de Futebol (FMF) e o antigo seleccionador nacional, Luís Gonçalves, para uma solução amigável em face da decisão da FIFA que condena o elenco dirigido por Feizal Sidat a pagar uma indemnização de cerca de 24 milhões de meticais ao antigo técnico dos “Mambas” e seu assistente, Tiago Capaz.

Até ao fecho desta edição as negociações que estavam a decorrer estavam encalhadas no facto de mesmo depois de Luís Gonçalves e Tiago Capaz terem aceite diminuir os valores que deviam receber em face da indemnização decretada pela FIFA a FMF pretender que os técnicos baixassem ainda mais do que já o fizeram. Este facto não está a ser aceite pelos treinadores, que consideram que baixando mais do que já o fizeram sairiam no prejuízo.

O técnico Luís Gonçalves, recorde-se, pretendia que a FMF lhe pagasse USD 271.653,00 (duzentos e setenta e um mil e seiscentos e cinquenta e três dólares norte-americanos), cerca de 17.385.792,00Mt (dezassete milhões e trezentos e oitenta e cinco mil, setecentos e noventa e dois meticais).

Leia mais em…https://flipbook.snoticias.app.co.mz/login.php

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in REPORTAGEM