Connect with us

ROSTOS & RASTOS

TINHA TUDO PARA FAZER “ESTRAGOS” NA FRANÇA 

Foto de Arquivo: Ganhei quatro títulos e duas Taças de Moçambique em quatro anos. Isso, até hoje, deixa-me muito orgulhoso

TINHA TUDO PARA FAZER “ESTRAGOS” NA FRANÇA 

António Rumua Sardinha, ou simplesmente Bâbai, incendiou os campos de futebol na década de 90, ao serviço do Costa do Sol, com os seus golos fabulosos. O seu forte eram a velocidade e potência no remate, com os dois pés, o que fazia com que, ao lado de Arnaldo Ouana, fizessem dos “canarinhos” a equipa mais realizadora daquele lapso de tempo. Bâbai não era de futebol rendilhado e muito menos de fintas. “Não era muito tecnicista, mas tinha jeito para ganhar espaços, rematar espontaneamente e com muita violência ”, define-se.

Bâbai iniciou-se no Namutequeliua (actual Sporting de Nampula), em princípios dos anos 80, donde o Costa do Sol foi-lhe buscar em 1990, quando o técnico Arnaldo Salvado montou aquela sensacional equipa que viria a conquistar quatro títulos consecutivos (1991 a 1994), um tetra-campeonato sem paralelo a nível nacional e que contribuiu, sobremaneira, para que o hoje secretário técnico da FMF seja um recordista incontestável, com 10 títulos nacionais e seis Taças de Moçambique no seu rico palmarés.

O nosso entrevistado – que pendurou as botas aos 31 anos, em 2000, antes de concretizar o seu sonho de jogar na França – teve a honra de representar a Selecção Nacional, embora poucas vezes. Mas isso não o incomoda, porque “naquele tempo tínhamos excelentes avançados e simplesmente não havia espaço para mim. Tenho que dar mérito aos outros”, reconhece, sem recalcamentos.

Leia mais em…https://flipbook.snoticias.app.co.mz/login.php

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in ROSTOS & RASTOS