Connect with us

ROSTOS & RASTOS

SÉRGIO FAFTINE: UM EXEMPLO DE SUPERAÇÃO

Foto de Jaime Machel: Depois dos Jogos Olímpicos de Seul atravessei o período mais negro da minha vida, por culpa própria

SÉRGIO FAFTINE: UM EXEMPLO DE SUPERAÇÃO

Sérgio Jorge da Silva Faftine vem vendo o sol há 53 anos, ele que, juntamente com mais seis irmãos, nasceu da união entre Isac Faftine e Elisa da Silva, casal que no total teve quatro rapazes e três meninas. Coincidentemente, todos praticaram natação, mas Sérgio foi o único que chegou ao estrelato.

Como federado entrou pela porta do Sporting de Lourenço Marques, que depois cambiou-se em Maxaquene. Ganhou tudo o que havia a ganhar internamente e, como pináculo da sua cintilância, representou Moçambique nos Jogos Olímpicos em duas ocasiões: Seul-1988 e Barcelona-1992 e em três edições dos Jogos Pan-Africanos, para não falar doutros torneios internacionais.

Nem tudo foi um mar-de-rosas na carreira de Faftine, se tomarmos em linha de conta que depois dos Jogos Olímpicos de Seul-88 atravessou um período negro, que só não o impediu de ir a Barcelona graças à luta que travou consigo mesmo para provar que não estava acabado para a natação, naquilo que foi um grande exemplo de superação.

Leia mais em…https://flipbook.snoticias.app.co.mz/login.php

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in ROSTOS & RASTOS