Connect with us

REPORTAGEM

NÃO HÁ TEMPO A PERDER: MÃOS À OBRA

NÃO HÁ TEMPO A PERDER: MÃOS À OBRA

A Presidência da Federação Moçambicana de Patinagem (FMP) ganhou na quinta-feira um novo rosto. Trata-se de Eneas Monteiro Comiche, filho do edil da cidade de Maputo, que abraça este novo desafio com uma enorme vontade de levar a modalidade a patamares ainda mais grandiosos. 

Eneas Comiche, que é o oitavo presidente da FMP, depois de Alberto Massavanhane,

Luís Guimarães,  Paulo Garção, Hermegildo Gamito, Lucas Chachine, Cândido Coelho e 

Nicolau Manjate, entra disposto a recuperar os cerca de um ano e cinco meses perdidos, período que levou até que o imbróglio que se arrastou pelo Tribunal tivesse finalmente um desfecho, com a Justiça a julgar improcedente o recurso do candidato derrotado, Nelson Costa. Sendo que para tal conta com o apoio de todos, inclusive de Nelson Costa, a quem considera um amigo. No seu discurso de tomada de posse foram várias as vezes que o novo homem-forte da patinagem apelou para inclusão de todos na família da patinagem, por reconhecer que só com a união se pode atingir o sucesso.

– “Tínhamos já alguns parceiros e vamos reactivar o contacto com eles. Vamos envolver toda a família da patinagem. Porque é importante que se diga que quem ganhou não foi o Eneas, mas toda a família da patinagem. Eu e o meu elenco vamos assumir esse compromisso de resgatar todos os membros da família da patinagem. Como tenho dito, todos somos jovens e inclusive tenho amigos que fazem parte da outra lista. Agora não há lista A nem lista B, há sim a família da patinagem, isto é; que fará com que tenhamos sucesso”, frisou.

O novo dirigente máximo da patinagem reitera que é chegado o momento de colocar mãos à obra, por forma a recuperar o tempo perdido.

Leia mais em…https://flipbook.snoticias.app.co.mz/login.php

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in REPORTAGEM