Connect with us

REPORTAGEM

MIQUISSONE NO “ESTALEIRO” POR SEIS SEMANAS

Foto de Al Ahly: Miquissone abandona o Estádio Mustapha Tchaker, em Blida, na Argélia, na companhia do médico Ahmed Abu Abla.

MIQUISSONE NO “ESTALEIRO” POR SEIS SEMANAS

O avançado internacional moçambicano do Al Ahly do Egipto, Luís Miquissone, vai ficar seis semanas de inactividade como consequência da lesão que sofreu na passada quinta-feira, na Argélia, durante a penúltima sessão de treinos visando o embate do passado sábado diante do ES Sétif local, para a segunda “mão” das meias-finais da Liga dos Campeões Africanos de futebol.

A informação foi confirmada ao nosso Jornal pelo próprio jogador, ao princípio da tarde de ontem, em contacto com a nossa Reportagem, a partir de Cairo, para onde a equipa regressou logo depois de empatar (2-2) e garantir a presença na terceira final consecutiva da “Champions”, depois de uma semana antes ter goleado a formação argelina por expressivos 4-0.

Como grande consequência da sua indisponibilidade, Luís Miquissone vai perder a oportunidade de se tornar no primeiro futebolista moçambicano a disputar uma final da Liga dos Campeões Africanos. Nesse jogo, o Al Ahly terá pela frente, na segunda-feira do dia 30 de Maio corrente, o Wydad Casablanca, de Marrocos, que deve jogar no seu próprio campo, o Estádio Mohomed V. Acto seguinte, o “Génio de Angónia” vai desfalcar os Mambas nas duas primeiras jornadas do Grupo-L de qualificação ao CAN da Costa do Marfim-2023, em que os Mambas enfrentam o Ruanda e Benin, respectivamente em Joanesburgo e Cotonou, nos dias 2 e 8 de Junho próximo.

Leia mais em…https://flipbook.snoticias.app.co.mz/login.php

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in REPORTAGEM