Connect with us

ATLETISMO

MUTOLA PROMOVE CORRIDA DE ETERNA GRATIDÃO A CRAVEIRINHA

Foto de Urgel Matula

MUTOLA PROMOVE CORRIDA DE ETERNA GRATIDÃO A CRAVEIRINHA

Maria de Lurdes Mutola, através da sua Fundação, decidiu, uma vez mais, curvar-se àquele que é o seu verdadeiro pai desportivo, o poeta-mor, José Craveirinha num gesto de eterna gratidão por tudo quanto fez para o sucesso da sua brilhante carreira no atletismo.

Lurdes Mutola descoberta nos pelados de Chamanculo pelo poeta-mor a jogar futebol com os homens, foi por este tutelado durante boa parte da sua carreira até atingir o estrelato. Para desempenhar o papel de tutor, Craveirinha foi indicado á dedo pelos países da Lurdes e na quinta-feira antiga campeão olímpica dos 800 metros lançou oficialmente a Corrida Centenária José Craveirinha para homenagear o seu mentor. Essa corrida terá lugar a 16 de julho próximo, na capital do país, e visa celebrar os 100 anos que completaria o escritor que é nada mais e nada menos que o primeiro moçambicano a vencer o prestigiado Prémio Camões (1991), em literatura.

“Sou muito grata a José Craveirinha e há muito que sonhava com este evento. Enfrentámos muitas dificuldades, mas finalmente conseguimos. É uma honra poder homenagear Craveirinha, por isso tenho a anunciar que também vou correr no dia 16 de Julho. é minha obrigação homenagear a José Craveirinha, o meu pai. Penso que se não fosse ele a minha carreira não teria atingido os patamares que atingiu. tinha entre 12 a 13 anos quando Craveirinha descobriu-me e foi uma pessoa decisiva para a minha ida aos Estados Unidos. Perdê-lo , em 2003, foi um dos momentos mais três da minha. É sempre difícil perdeu um pai”, revelou.

Mutola espera uma participação massiva de atletas neste evento que, segundo ela, visa, por outro lado, a descoberta de novos talentos.

“O nosso atletismo está muito em baixo neste momento e precisa de apoio. trata-se de apoios a vários níveis, em iniciativas como estas e muitas outras. Precisa de mais competições, líderes que possam alavancar a modalidade, infra-estruturas, entre outros pormenores. de uma forma geral, há que se trabalhar muito para se ter resultados porque hoje o nosso atletismo está mesmo estagnado”, frisou.

Leia mais em…https://flipbook.snoticias.app.co.mz/login.php

Jornalista E-mail: sergio.macuacua@snoticias.co.mz

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in ATLETISMO