Connect with us

MOÇAMBOLA

FERROVIÁRIO DA BEIRA ATRASA-SE EM NACALA

Inoperante, a Liga Desportiva cedeu pontos frente ao Incomáti

O Ferroviário de Nacala estava pressionado pelos resultados menos bons no arranque do campeonato e na recepção ao seu homónimo era obrigado, pelo menos, a não perder. Entrou em jogo e marcou nos minutos iniciais, com Rifel a dar o gosto ao pé. Depois, o Ferroviário da Beira, também não tão bem classificado, procurou o empate e conseguiu-o por Jafete. O público pedia mais aos donos da casa e Soare fez o seu desejo, fechando a contagem. Seguidamente fez anti-jogo para garantir que os três pontos não fugissem e foi feliz. Em Vilankulo, Eurico da Conceição tinha a “corda ao pescoço”, depois da derrota em Xinavane frente ao Incomáti e mesmo tendo pela frente um Ferroviário de Maputo, candidato ao título, também estava avisado que não devia perder. Quando tudo indicava que o jogo ia termina sem golos, eis que Sibale deu o golpe fatal, deixando os locomotivas da capital atrasados na corrida ao título.  

SONGO SOMA E SEGUE

Por seu turno,  a União Desportiva do Songo somou a sua quinta vitória em igual número de jogos e isolou-se cada vez mais no comando, agora com 15 pontos,  mercê de uma goleada imposta ao Ferroviário de Nampula por 0-3, com golos de Lau King,  Dário Melo e Foken.

Desta feita,  os “hidroeléctricos” fizeram esquecer a eliminação na Taça de Moçambique,  ainda na fase provincial,  diante do Ferroviário de Moatize,  por 3-2, no desempate por grandes penalidades,  após um empate a um golo.

Em Mocuba,  o Matchedje local roubou pontos ao Costa do Sol no empate sem golos verificado nos 90 minutos.  Os “canarinhos” estão também isolados na segunda posição do campeonato,  com 11 pontos.

Leia mais em…https://flipbook.snoticias.app.co.mz/login.php

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in MOÇAMBOLA