Connect with us

NATAÇÃO

NATAÇÃO SUPEROU-SE APESAR DE “ÁGUAS TURVAS” 

A actual direcção da Federação Moçambicana de Natação (FMN), liderada por Deolinda Mabote Nunes, completou, a 15 de Junho, o seu terceiro ano de mandato que a levará até ao fecho do ciclo olímpico, em 2024.  

O primeiro ano de mandato de Deolinda Mabote foi caracterizado por actividades muito reduzidas visto que a segunda metade da época 2019/2020 foi da eclosão da Covid-19 em Moçambique. O maior evento organizado pela FMN nessa altura foi o Campeonato Nacional de Verão, que teve lugar em Janeiro de 2020, na Piscina Olímpica do Zimpeto.

O Estado moçambicano abriu excepção para as modalidades olímpicas durante o segundo semestre de 2020, permitindo somente as actividades ou treinamento dos atletas envolvidos na preparação para os Jogos Olímpicos, adiados naquele ano para 2021 devido à Covid-19, nomeadamente a disputa dos mínimos de qualificação ao maior evento planetário. 

O ano subsequente, ou seja, a época 2020/2021 continuou a ser caracterizada por restrições, mas teve alguns relaxamentos que permitiram a retoma desportiva parcial e que no caso da natação permitiram a realização de algumas provas mas somente na cidade de Maputo, pois as restantes províncias não estavam preparadas porque não tiveram os apoios necessários para a observação dos protocolos sanitários, condição imprescindível para o reatamento das actividades desportivas. 

Leia mais em…https://flipbook.snoticias.app.co.mz/login.php

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

More in NATAÇÃO