MAIORES VENCEDORES CAÍRAM NA ZONA SUL

Por: ATANÁSIO ZANDAMELA
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Foto de Sérgio Sitoe
 
As duas formações com mais títulos na história da Taça de Moçambique caíram nos oitavos-de-final (fase regional). Trata-se do Costa do Sol, que tem 12 conquistas, e do Maxaquene, com oito, que tombaram ante o Ferroviário de Maputo e Clube do Chibuto. O primeiro a cair foi o Costa do Sol, clube que ganhou as últimas duas edições da prova. Os “canarinhos”, que não perdiam nenhum jogo há cerca de 10 meses, saíram derrotados (3-1) sábado, no clássico disputado no Estádio da Machava ante o Ferroviário de Maputo, clube que não ganha a Taça de Moçambique desde 2011. Já ontem a equipa com oito conquistas na prova, Maxaquene, seguiu o mesmo caminho, caindo ante Chibuto com um golo madrugador (quatro minutos) de Bernardo na própria baliza quando tentava desviar um centro de Tchitcho. Desta forma o Chibuto vai EFEITO OMAR VITIMAMAXAQUENE continuar a lutar pelo regresso à final da Taça de Moçambique, fase em que já esteve em 2013, quando perdeu para o Ferroviário da Beira.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Opinão

Publicidade