R REPORTAGEM

DIRECÇÃO DO FERROVIÁRIO DE NACALA LAMENTA ADIAMENTOS DO MOÇAMBOLA

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A direcção do clube Ferroviário de Nacala diz que a prática do futebol não está a ser sustentável devido aos sucessivos adiamentos do início do Moçambola e os impactos provocados pela pandemia da Covid-19.

Segundo soubemos, as contas dos “Locomotivas” estão a ficar prejudicadas, pois os trabalhos de reorganização envolvem custos. A direcção e a equipa técnica limitam-se em planificar as actividades de treino e preparação física dos atletas para fazer face às competições oficiais, mas depois recebem informações de que o início da temporada foi adiado.

Os órgãos que administram o futebol nacional já adiaram por três vezes, uma decisão que obriga os clubes a desfazer o processo e voltar à fase inicial. O presidente do Ferroviário de Nacala, Gabriel Cossa, considera que esse exercício não está a ser sustentável para a sua instituição.

Por: SÉRGIO FERNANDO
Fotos de Sérgio Fernando

Publicidade

Director: Almiro Santos
Chefes da Redacção:
Reginaldo Cumbana e Gil Carvalho

Desafio é um Jornal desportivo, produto da Sociedade do Notícias.

O Jornal esta disponível em formato físico impresso, o mesmo pode ser lido em formato electrónico.

Play Store

AppStore

SNLogo2

Propriedade da Sociedade do
Notícias, SARL
Direcção, Redacção e Oficinas
Rua Joe Slovo, 55 • Cx.Postal 327
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
( Tel's: 21320119 / 21320120 )
Topo
Baixo